A sensibilidade tolhida é uma característica machista, a meu ver. Se observarmos os homens, vemos que eles são constantemente podados e educados para não demonstrarem sensibilidade, fraqueza, sentimentos, emoções. A trágica frase “Cala a boca, menino, que homem não chora!”, é algo comum à grande maioria dos meninos e homens que entendem que demonstrar qualquer tipo de sensibilidade “é coisa de mulherzinha”.

Se os homens são tolhidos disso, nós somos também. Chorar, demonstrar nossas fraquezas, são tidas como inadequadas. Se queremos ser bem sucedidas, temos que ser fortes, combatentes, ferozes nos negócios e na vida pessoal, nunca cair, quase como “agir como homens”. Só que ser forte o tempo todo cansa… Seja qual for o gênero.

Grande abraço! 😀